quarta-feira, 29 de abril de 2015

ESTUDANDO A ARTE MODERNA - TURMAS DO 9º ANO "A" e "B" - ATIVIDADE: PINTURA CUBISTA EM MONOCROMIA.

Turma do 9º ano B. Atualizado após as aulas do dia 06 maio de 2015. A arte moderna surge na Europa a partir da segunda metade do século XIX. Foi uma reação a academia e ao neoclassicismo que era o grande estilo artístico do período. Alguns artistas fogem aos modelos clássicos de composição e tema, partindo em experiências próprias e ao ar livre, fora dos ateliês e das academias de arte. É nesse ambiente que surgem as obras impressionistas e o divisionismo misturando arte e ciência em obras que rompem totalmente com os conceitos acadêmicos. Os temas escolhidos por esses artistas vão desde cenas urbanas, passando por montanhas, portos, igrejas, barcos e até montes de feno expostos ao sol. O importante é captar o momento fugas da cena independente do objeto ou cena retratada. Com o surgimento do Expressionismo na Alemanha por volta de 1905, o sentimento do artista diante do mundo e da sociedade passa a ser o foco da produção de arte. A subjetividade do artista é que determina a obra e conceitos como o de beleza fica em segundo plano. O artista expressionista altera a realidade segundo sua forma de vê e sentir e, propositadamente, deforma a imagem, usa a cor de forma arbitrária, provoca o expectador. É importante salientar que tanto o impressionismo quanto o expressionismo apresentam novas possibilidade temáticas e técnicas para a arte assim como, proporcionam uma alteração nos conceitos de beleza na arte. Entretanto, esses dois movimentos ainda continua mantendo a composição formal e divisão da pintura em planos da mesma forma que os estilos anteriores. A perspectiva renascentista, com seus pontos de fuga e impressão de profundidade continua sendo a regra. A mudança foi temática e técnica. É com o Cubismo, 1906/1907, que vemos surgir o que podemos realmente classificar como arte moderna. Isto pelo fato das mudanças cubistas mexerem diretamente com a composição formal, alterando por completo o modo de se fazer e vê pinturas. O cubismo surge nas obras de Picasso e Braque ambos inspirados ou influenciados pelos trabalhos de Cezzane. Esse movimento elimina a perspectiva renascentista das pinturas, tornando-as planas, sem profundidade, geometriza as formas e os objetos e faz uso da cor pura, chapada. Portanto, o cubismo foi um movimento formal que alterou o conceito de pintura e criou possibilidades para o surgimento e o desenvolvimento de outros movimentos, diversificando bastante a forma de se fazer pintura. O movimento Futurista criado a partir do manifesto de mesmo nome apresentado por Filipo Marinetti objetivou apresentar ao mundo as novidades tecnológicas glorificando a máquina, o movimento, a velocidade. As pinturas futuristas tentam captar esses elementos e reproduzi-los através de suas composições que muitas vezes beiram a abstração. É o futurismo que vai influenciar diretamente Oswald de Andrade um dos expoentes da arte moderna brasileira. A arte abstrata surgirá em 1910 nas experiências de Wassily Kandinsky. Pela primeira vez apresentam-se obras constituídas apenas pela distribuição e aplicação da tinta sobre a superfície, sem nenhuma referencia a objetos ou formas naturais. O artista abstrato mostrou ser possível se expressar e comunicar apenas com o uso das tintas e das linhas sem fazer relação com as formas naturais conhecidas. O período da 1ª grande guerra será caracterizado pelo descrédito e pelo medo. Diante da convocação para a guerra alguns artistas resolvem fugir de seus países e buscar uma zona neutra. Reunidos na cidade de Zurique eles promovem encontros em cafés e cabarés onde discutem sobre a arte e a sociedade diante da guerra. Acabam produzindo obras com caráter negativo e que questionam a própria arte. O grande destaque desse movimento é o artista Marcel Dumchamp. Em 1924 vemos surgir o movimento surrealista. Inspirado nas descobertas sobre a mente humana realizadas dor Sigmund Freud e do surgimento da psicanálise, o surrealismo vai criar imagens que vão além da realidade, como que tiradas de sonhos.

Marcadores: , , , ,

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial